Segunda-feira, 29 de Junho de 2015
As estrelas.

 

Eram três da manhã quando decidimos dar uma volta. O céu estava limpo, estávamos no campo e queríamos ver as estrelas. Após cinco minutos de caminhada em escuridão completa, os nossos olhos começaram a ajustar-se ao breu. Chegámos a um lago que reflectia tão bem as estrelas que parecia que um pedaço do céu estava sob os nossos pés. 

Deitámo-nos todos sob o cimento da estrada, entre as vinhas. Olhamos para aquele espetáculo natural, tão pouco apreciado nas grandes cidades. E depois aí ficámos, procurando estrelas cadentes que pudessem ser o repositório dos sonhos de oito jovens com o coração cheio deles. E ali, partilhámos o agora, o momento, todos juntos. 



publicado por Sofia às 10:28
link do post | comentar | favorito

Mais sobre mim
Tenho 24 anos. Gosto de comida saudável, de fitness, de filmes antigos e livros. Gosto de viagens e pequenos prazeres como fazer festas à minha cadela. Sou louca por roupa e maquilhagem.Porque frequentemente sonho acordada, nem sempre estou presente quando estou. Não gosto falta de delicadeza ou más respostas porque sim. Não gosto de alface ou de pessoas que não sabem argumentar numa discussão. Tenho mau feitio, mas estou a tentar melhorá-lo. Talvez um dia até mude o nome do blog. Quem sabe?
Posts recentes

Estou pronta para voltar.

A salada que me deixa de ...

Black Friday.

É vergonhoso...mas ainda ...

Muitas coisas estão prest...

Estou cansada.

A brincar com probabilida...

Ena pá...mais um desafio.

Arquivos
Leituras