Sexta-feira, 6 de Março de 2015
O feminismo está vivo.

A reportagem da SIC ontem ("O amor não mata"), revelou aquele desconforto subtil, presente no dia-a-dia, de que, em média, uma em cada cinco mulheres sofre de violência doméstica. Isto significa que, por dia, passo por várias mulheres nesta situação, fragilizadas, com medo nos olhos, pedindo silenciosamente ajuda. E esta realidade é esmagadora. 

Há quem diga que, no século XXI, o feminismo não tem razão de existir. Que é apenas mais uma moda. No entanto, todos os dias encontramos mais uma razão para falar sobre os direitos das mulheres. Direito a estarem seguras, a não serem violentadas, a ganharem o mesmo que um homem pelo mesmo trabalho, a serem livres sem que olhos de julgamento sejam colocados em cima delas.

A serem elas mesmas. Somente isso.

 

Grace Kelly



publicado por Sofia às 10:42
link do post | comentar | favorito (1)

Mais sobre mim
Tenho 24 anos. Gosto de comida saudável, de fitness, de filmes antigos e livros. Gosto de viagens e pequenos prazeres como fazer festas à minha cadela. Sou louca por roupa e maquilhagem.Porque frequentemente sonho acordada, nem sempre estou presente quando estou. Não gosto falta de delicadeza ou más respostas porque sim. Não gosto de alface ou de pessoas que não sabem argumentar numa discussão. Tenho mau feitio, mas estou a tentar melhorá-lo. Talvez um dia até mude o nome do blog. Quem sabe?
Posts recentes

Estou pronta para voltar.

A salada que me deixa de ...

Black Friday.

É vergonhoso...mas ainda ...

Muitas coisas estão prest...

Estou cansada.

A brincar com probabilida...

Ena pá...mais um desafio.

Arquivos
Leituras