Domingo, 12 de Abril de 2015
O que o fitness me ensinou.

 

São muitas as coisas que tenho aprendido nestes últimos anos, que me têm ajudado a crescer e a tornar-me uma pessoa mentalmente mais forte, mas também mais feliz. E dessas, fazer exercício foi particularmente importante. 

O fitness é mais do que vaidade na altura de vestir o biquíni ou sacrifício para perder uns quilinhos. O fitness ajudou-me a perceber que os limites não são linhas fixas. Na verdade, são bastante maleáveis. Existem somente na nossa cabeça. 

Exercitar-me ensinou-me que a maioria dos limites que colocamos a nós mesmos são puramente imaginários, colocados sem grandes razões para lá do medo de falhar. Aprendi que o "vá lá só mais uma!" é extremamente poderoso porque testa a todos os momentos estes limites pré-concebidos. E foi assim que pensei: Quantos limites coloco a mim mesma no dia-a-dia por causa de medo? Quantas vezes desisti somente porque não quis pisar a linha? Quantos "nãos" dei porque não quis sair da minha zona de conforto? 

Pois aqui vai uma verdade: Nada acontece dentro dos limites. Nada acontece dentro da zona de conforto. E sim. Custa passar um pé para lá destas barreiras porque, de alguma forma, elas ficam enraizadas na nossa cabeça pelo que quase nem damos por elas. É preciso um esforço mental para as reconhecermos e, depois, dar esse salto de fé. Mas também vos digo isto: esse salto pode nos fazer crescer. 

Fazer só mais uma flexão ou aguentar só mais dois segundos uma prancha quando a nossa cabeça nos desafia constantemente para pararmos parece um exercício menor daquilo que é desafiar-nos. Mas pode ser exatamente o que precisamos para não esquecer que nós desenhamos as nossas limitações.

E que afinal, elas só existem na nossa cabeça. 

 

IMG_20150412_110429.jpg(Desculpem-me a ausência, mas foram semanas duras! Foto tirada hoje, ao pequeno almoço com a mamã!)



publicado por Sofia às 20:00
link do post | comentar | favorito

Mais sobre mim
Tenho 24 anos. Gosto de comida saudável, de fitness, de filmes antigos e livros. Gosto de viagens e pequenos prazeres como fazer festas à minha cadela. Sou louca por roupa e maquilhagem.Porque frequentemente sonho acordada, nem sempre estou presente quando estou. Não gosto falta de delicadeza ou más respostas porque sim. Não gosto de alface ou de pessoas que não sabem argumentar numa discussão. Tenho mau feitio, mas estou a tentar melhorá-lo. Talvez um dia até mude o nome do blog. Quem sabe?
Posts recentes

Estou pronta para voltar.

A salada que me deixa de ...

Black Friday.

É vergonhoso...mas ainda ...

Muitas coisas estão prest...

Estou cansada.

A brincar com probabilida...

Ena pá...mais um desafio.

Arquivos
Leituras